quarta-feira, janeiro 17, 2018

Tu - Alvina Nunes Tzovenos





Em minha mocidade,
Olhando os céus
Procurei-te nas estrelas.

Onde andavas ..?
Em que paragens
Longínquas,
Além mares?

Eu só esperava ...
E uma estrela
Logo chorou ...

De repente
Criou
Alma, corpo e vida.
E descendo docemente,
Quase divinamente,
Chamou-se TU !


Alvina Nunes Tzovenos
de 'Sonhos e vivencias'


Sem comentários:

Enviar um comentário

Topo