sábado, outubro 26, 2013

Hino de Caridade



Ainda que eu fale a língua dos anjos
Se não amo os meus irmãos
Sou como um sino a ressoar
Se não tiver em mim a caridade
Se eu conhecer todos os mistérios
Mas não amo os meus irmãos
Sou um metal a ressoar
Se não tiver em mim a caridade
Se a minha fé transpuser montanhas
Mas esqueço os meus irmãos
Nada me vale, eu nada sou
Se não tiver em mim a caridade
A caridade tudo sofre e crê
Tudo espera, tudo suporta
Não pensa mal, nunca se irrita
Se não tiver amor eu não sou nada
Agora vemos com num espelho
Mas depois vemos face a face
Agora a fé, agora a esperança
Mas a maior é sempre a caridade


Cântico Religioso


segunda-feira, outubro 14, 2013

Entrega a Tua Vida





Uma noite de suor,
sobre a barca no alto mar,
E quando já nasce a aurora
Nas redes fixas um triste olhar

Uma voz porém te chama
E te indica um outro mar
É o coração de cada homem
Que agora vais pescar

ENTREGA A TUA VIDA
COMO MARIA JUNTO DA CRUZ
E SERÁS SERVO DE CADA HOMEM
SERVO DE AMOR
SACERDOTE DA HUMANIDADE

Caminhando no silêncio,
Entre lágrimas esperavas
Que a semente lançada à terra
Fosse fruto, flôr e vida

Hoje em Ti é grande a festa
Olha os frutos do teu sofrer
Chegou a hora da alegria
Já os podes recolher

ENTREGA A TUA VIDA
COMO MARIA JUNTO DA CRUZ
E SERÁS SERVO DE CADA HOMEM
SERVO DE AMOR
SACERDOTE DA HUMANIDADE

Cântico Religioso
Topo