sábado, outubro 26, 2013

Hino de Caridade



Ainda que eu fale a língua dos anjos
Se não amo os meus irmãos
Sou como um sino a ressoar
Se não tiver em mim a caridade
Se eu conhecer todos os mistérios
Mas não amo os meus irmãos
Sou um metal a ressoar
Se não tiver em mim a caridade
Se a minha fé transpuser montanhas
Mas esqueço os meus irmãos
Nada me vale, eu nada sou
Se não tiver em mim a caridade
A caridade tudo sofre e crê
Tudo espera, tudo suporta
Não pensa mal, nunca se irrita
Se não tiver amor eu não sou nada
Agora vemos com num espelho
Mas depois vemos face a face
Agora a fé, agora a esperança
Mas a maior é sempre a caridade


Cântico Religioso


Sem comentários:

Enviar um comentário

Topo