segunda-feira, maio 16, 2016

Tempo de Renovação




Há tempo para todas as coisas e, claro, um tempo de renovação.
Há quanto tempo você não se reinventa?
Há quanto tempo não muda os caminhos que trilha, que não faz escolhas diferentes, que não lê sobre novos assuntos?
Há quanto tempo não muda o visual, o local que passa férias e o restaurante em que almoça?
Há quanto tempo não muda a si mesmo, permitindo o direito de ser alguém renovado e experimentando novas possibilidades? 




O ser humano é incrível; adaptamo-nos às inúmeras situações adversas e as superamos, muitas vezes descobrindo um enorme poder que nem sabíamos ter. 



E, curiosamente, justamente por termos esse poder de lidar com as adversidades é que às vezes acabamos por nos acostumar com elas. Fazemos as mesmas coisas, nutrimos os mesmos hábitos, pois já nos adaptamos a uma forma de viver. 




Mas, e se renovássemos vez por outra nossos caminhos? Não seria mais interessante?
Não digo que devemos sair por aí, sem critério, simplesmente renovando por renovar. No entanto, há muito por fazer por nossa vida e nossa maneira de caminhar.



Abra-se a novas possibilidades no trabalho, na família, na vida a dois.
Abra-se a novas possibilidades no lazer, na forma de lidar com seu dinheiro, na busca pela paz.
 
Dar-se ao direito de renovar é reabastecer-se continuamente com uma motivação genuína, o que nos traz muita paz. Trata-se de uma paz diferente. No sentido de encontrarmos um ponto de equilíbrio no meio da vida, apesar de intensos movimentos. 




Mude para melhor; faça tentativas. Se não funcionar, mude a maneira de mudar. Tente outras coisas. A idéia aqui não é fazer da renovação uma obsessão, mas uma forma de viver pautada no bom senso.
Pergunte sempre ao seu coração: qual seu nível de prazer e realização? Ele sempre lhe dirá quando é necessário introduzir algo novo ou simplesmente continuar com a velha maneira de ser.


Seja como for, dê a si mesmo o presente de renovar os caminhos sempre que possível. O que você poderia fazer a partir de agora por você?

Texto - SITE: Momento de Reflexão
Fotos: Net




"O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada, Caminhando e semeando, no fim terás o que colher." (Cora Coralina)

terça-feira, maio 10, 2016

Amores-Perfeitos e Pensamentos




Divagando .... e acima de tudo apreciando um presente especial " ... o dia de HOJE"
              
“Uma das trágicas coisas que eu percebo na natureza humana é que todos nós tendemos a adiar o viver. Estamos todos sonhando com um mágico jardim de rosas no horizonte, ao invés de desfrutar das rosas que estão florescendo do lado de fora de nossas janelas hoje." (Dale Carnegie)

Foto: 1ms.net

Foto: hdwallpapers.cat

Foto: 1ms.net

"Se temos de esperar, que seja para colher a semente boa que lançamos hoje no solo da vida. Se for para semear, então que seja para produzir milhões de sorrisos, de solidariedade e amizade." (Cora Coralina)


Foto: www.fabuloussavers.com

Foto: wallpaperscraft.com

Foto: wallpaperscraft.com


"A mensagem é clara: não sacrifique o dia de hoje pelo de amanhã. Se você se sente infeliz agora, tome alguma providência agora, pois só na sequência dos agoras é que você existe." (Clarice Lispector)


Foto: wallpaperscraft.com

Foto: wallpaperscraft.com

Foto: top-wallpaper-desktop


"Nada vale mais do que o dia de hoje. Você não pode reviver o ontem. O amanhã ainda está além do seu alcance." (Johann Goethe)


Foto: wallpaperscraft.com

Foto: wallpaperscraft.com

Foto: galleryhip.com


"Um dia a gente aprende a construir todas as nossas estradas no hoje; Porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, E o futuro tem o costume de cair em meio ao vão." (William Shakespeare)





"Ontem foi embora. Amanhã ainda não veio. Temos somente hoje, comecemos! Qualquer ato de amor, por menor que seja, é um trabalho pela paz?" (Madre Teresa)

quarta-feira, maio 04, 2016

Se me Envolve a Noite Escura






Se me envolve a noite escura
E caminho sobre abismos de amargura,
Nada temo porque a Luz está comigo.
Se me colhe a tempestade
E Jesus vai a dormir na minha barca,
Nada temo porque a Paz está comigo.
Se me perco no deserto
E de sede me consumo e desfaleço,
Nada temo porque a Fonte está comigo.
Se os descrentes me insultarem
E se os ímpios mortalmente me odiarem,
Nada temo porque a Vida está comigo.
Se os amigos me deixarem
Em caminhos de miséria e orfandade,
Nada temo porque o Pai está comigo.

Música Litúrgica



Topo