segunda-feira, novembro 27, 2017

A FELICIDADE em AMARELO


A felicidade é luz, magia e cor. Ela trás alegria ao nosso coração, liberta e estimula os nossos sentidos e os nossos mais profundos pensamentos. A felicidade está nas Pequenas coisas do dia-a-dia, tornando-as Grandiosas ao nosso olhar.




Hoje vamos refletir sobre a “Felicidade” divagando através da cor que lhe está associada, o Amarelo.




Você já pensou no sentido da palavra “felicidade”?
Talvez sim, talvez não.
Geralmente, o que se ouve é que felicidade não existe, que o que existem são apenas momentos felizes.
Ai, eu lhe pergunto: será mesmo?
Será mesmo que algo tão grandioso como a felicidade consiste apenas em coisas tão transitórias?
Estará a felicidade apenas num carro novo? Na compra de uma casa nova? No encontro de alguém que “fará” você feliz?




Na verdade, a felicidade real e concreta está dentro de cada um de nós.

Só que, para reconhecê-la como verdadeira, faz-se necessário uma análise de vida…

Você já reparou nas coisas boas que o cercam?

Já notou como, todos os dias, tantas coisas boas acontecem?




Já observou que a vida é um fluir contínuo como as águas de um rio, no qual você navega, só que, muitas vezes, contra a correnteza?
Estar alegre pode ser passageiro, mas ser feliz é eterno e não depende de nada.
Basta apenas que você olhe para dentro de si mesmo e acredite em tudo o que pode realizar, naquilo que pode construir.
Aprenda a dar valor a você, às suas qualidades, a esses dons especiais que ganhou no “kit eu” quando você nasceu.




Você certamente é uma pessoa feliz, só que às vezes não sabe.

A vida se apresenta de forma muito simples.

Conviver com outras pessoas talvez seja o mais complexo.

Conviver consigo mesmo pode ser o mais delicado.

A primeira amizade é feita com a gente mesmo.




Você já fez amizade consigo?

Você é sua amiga ou seu amigo de verdade?

Será que está a seu favor ou contra si mesmo?




Tudo bem, viver não obedece a nenhum manual de instruções ou fita de vídeo.
A gente já nasce sabendo.
Vem de dentro, vem da inteligência nata, daquela coisa de se Ter o entendimento de saber que vida é arte e não um contínuo sofrimento.
Então, que tal ser feliz de verdade?




Que tal valorizar-se enquanto ser vivente?
Lembre-se de que dentro de você existe um mundo vivo.
Que tal jogar fora os valores antigos, que fazem parte de uma velha mobília da qual tem medo de se desfazer pois toda a transformação implica em perda e você tem medo de mudar?
Descubra a felicidade dentro de você e busque aceitá-la sem medo.




Sem medo de sorrir muito hoje e chorar amanhã.
Sem medo de demonstrar para as outras pessoas a alegria natural que vem de dentro do seu coração e que muitas vezes incomoda muita gente.
Sorria com mais frequência!
Acorde de manhã de bom humor!




Quando perguntarem como vai, diga que está cada vez melhor!

Assuma a condição de ser feliz de verdade não importando qualquer tipo de dificuldade.

Você as vence, com certeza!




E mais um recadinho:

Manifeste essa condição de ser feliz de forma permanente em tudo aquilo que fizer.

Felicidade é Transmissivel


Fonte: Site “Mensagens Diarias
Fotos: 1ms.net

A Semente

Nós estamos cheios de energia, em busca de uma direção. Quando essa energia é direcionada para conquistas criativas, os resultados podem ser espetaculares.



Plante uma semente de motivação no solo fértil da vida de uma pessoa, e ela certamente crescerá de maneira magnífica.



Qualquer um tem a capacidade de realizar grandes trabalhos, mas pouquíssimas pessoas sabem ou acreditam nisso.




Não importa o quanto seja fértil um solo – se nenhuma semente for plantada, nada crescerá.



Quantas vidas foram tristemente desperdiçadas e destruídas, por nunca terem recebido nem mesmo a menor semente possível de motivação?





Uma semente é pequena. Mas, quando plantada no lugar certo, na época certa, e cuidada com carinho, essa pequena semente pode transformar-se numa colheita abundante e virtualmente infinita.



Pense nas vidas ao seu redor – aquelas em que as sementes da motivação podem brotar e crescer.





Pense na diferença que você pode fazer quando encoraja a si mesmo, e quando oferece sua motivação aos outros.



Pense nas sementes que você tem a oportunidade de plantar.





Espalhe suas sementes de motivação pela maior área que puder, e delicie-se com a colheita farta que certamente virá.

Autor: desconhecido


“Se cada um dos seus dias for uma centelha de luz, no fim da vida você terá iluminado uma boa parte do mundo.” Osho

quinta-feira, novembro 23, 2017

Pequenas Alegrias




Às vezes, você acorda e imediatamente os problemas lhe tomam a mente, impedindo seus olhos de contemplar as belezas que estão ao seu redor.
São tantos desgostos que em seu mundo não há espaço para alegrias... É como se a vida se resumisse em obstáculos e mais obstáculos, desafiando sua capacidade de superação.
Que importa se o sol está brilhando, se a sua alma está envolta em sombras?
Como admirar a beleza, se seus olhos estão nublados pelas lágrimas contidas no peito, denunciando preocupações com a própria existência?




Em seu mundo não há espaço para alegrias...
Aliás, em seu mundo não há alegrias...
Mas, será que suas impressões retratam mesmo a realidade?
Ou será que ao seu redor há uma outra realidade esperando um pouco da sua atenção?
Se você parar, alguns instantes, talvez possa ouvir a resposta. Mais do que isso: você sentirá a resposta...
Um breve olhar mais detido e perceberá que ao seu lado existem pessoas. E que essas pessoas têm um coração que pulsa como o seu.
Pare um pouco e ouça o que elas estão a lhe dizer, mesmo que seus lábios estejam mudos.
Observe quantos sorrisos se abrem a sua volta. Note que perto, bem perto mesmo, tem uma criança a brincar.





Você deve estar pensando: "como encontrar tempo para essas coisas quando é preciso lutar pela própria sobrevivência num mundo de competições?"
No entanto, enquanto você mergulha em seus problemas, as flores se abrem, silenciosas...
E não é só a beleza que elas lhe oferecem. Trazem também seu perfume...




Acaso ainda não percebeu o pequeno pardal, com seu canto, meio sem graça, a buscar alimento por entre automóveis e pedestres?
E o zumbir da abelha, buscando o néctar onde as flores escasseiam?
Talvez você não tenha notado, mas as dificuldades e a concorrência não são motivos de desânimo para a natureza, que luta com bravura, apesar das dificuldades.
Vale a pena olhar a pequena planta que brota na fenda estreita da calçada, em busca de um lugar ao sol, em meio aos pés apressados que passam sem notá-la.
Vale a pena observar os pássaros cantarolando, alegres, construindo ninhos para agasalhar as novas gerações que Deus lhes confia.


Vale a pena notar o sol, que espia por entre as nuvens só para dizer que está lá, apesar dos obstáculos.
É importante perceber que, apesar da escuridão da noite, o orvalho não deixa de beijar a flor...
Apesar da chuva torrencial, as formigas não desanimam, e reconstroem o ninho tantas vezes quantas eles sejam destruídos.

Assim, se a situação está difícil, tentando desanimar você com fatos deprimentes, faça como o Sol.




Espie por entre os obstáculos e perceberá muitas pequenas alegrias esperando para lhe dizer: "olá! Eu estou aqui para lhe fazer feliz."
Desenvolva a sua capacidade de perceber as coisas boas, positivas e otimistas. Elas são em maior número do que os motivos de desânimo.
Pense nisso!
Se é verdade que as circunstâncias têm mil maneiras de lhe fazer chorar, também é verdade que não têm o poder de lhe tirar a alegria nem a vontade de viver.

Texto - SITE: Momento de Reflexão
Fotos: Net



"Aquele que nunca viu a tristeza, nunca reconhecerá a alegria." (Khalil Gibran)

terça-feira, novembro 21, 2017

Divagar com Flores da Austrália e pensamentos de Khalil Gibran


Hoje para divagarmos um pouco, esquecer preocupações, aliviar a nossa alma e alegrar os nossos olhos, vamos apreciar belissimas flores de cores e formas exuberantes nativas da Austrália e para companhia vamos relembrando algumas citações de Khalil Gibran.



Todo o trabalho é vazio a não ser que haja amor.




A neve e as tempestades matam as flores, mas nada podem contra as sementes.



O amor é a única flor que desabrocha sem a ajuda das estações.




Aprendi o silêncio com os faladores, a tolerância com os intolerantes, a bondade com os maldosos; e, por estranho que pareça, sou grato a esses professores.



Aquele que nunca viu a tristeza, nunca reconhecerá a alegria.




As flores desabrocham para continuar a viver, pois reter é perecer.


A simplicidade é o último degrau da sabedoria




As árvores são poemas que a terra escreve para o céu. Nós as derrubamos e as transformamos em papel para registrar todo o nosso vazio.



Uma vida sem amor é como árvores sem flores e sem frutos. E um amor sem beleza é como flores sem perfume. Vida, amor, beleza: eis a minha trindade.

Fotos e Pensamentos: Net



Da mesma maneira que ganha a flor o seu perfume e vida do pó, extrai a alma da fraqueza da matéria, e de seu erro, força e ciência.

sábado, novembro 11, 2017

Vida sem pressa




Você já parou para olhar crianças brincando num parque
ou para ouvir o som da chuva quando chega ao chão?
Já parou para ver o vôo errante de uma borboleta?
Já ficou simplesmente observando
o sol sumir dentro do escuro da noite?
Melhor ir mais devagar ... Não corra tanto ...
Vá mais lentamente pela Vida:
ela não é tão curta quanto nos fazem acreditar.
Você voa apressado o tempo todo?
Vá mais devagar ... Flutue no ar ...
Quando você pergunta " como vai? "
você escuta a resposta?
Quando acaba o dia você se deita
pensando em mil coisas para o dia seguinte?
Durma em paz.
Você já disse a uma criança
" vamos deixar prá depois "
e na sua pressa não notou sua inocente tristeza?
Você já deixou de conservar a vida de uma amizade,
sabendo depois que um amigo deixou este mundo
sem seu adeus?
Uma amizade perdida no tempo
porque na sua pressa deixou de lembrar de um "olá"?




Quando você corre para chegar a algum lugar,
perde metade da alegria de poder chegar lá.
Quando você se preocupa e se apressa o dia todo,
é como deixar um presente embrulhado
e depois jogá-lo fora.
A vida não é uma pista de corrida.
Cuide-se e vá mais devagar.
Sinta cada instante seu,
dance calmamente a música da alma
e sinta a força da sua canção.
Vá mais devagar.
Dance ... dance ... mas dance devagar.
Calma !
A música vai continuar !


Texto: Silvia Schmidt
Fotos: 1ms.net



"A vida é maravilhosa se não se tem medo dela." (Charles Chaplin)
Topo