sábado, janeiro 13, 2018

Fantasia - Poema de Adolfo Casais Monteiro





Despedacei tanto sonho
ao correr atrás da vida,
que tendo-a por mim segura
e com ela os meus segredos
vi que deixava perdidas
as razões desse correr,
e que tendo enfim a chave
já perdera a fechadura.




Adolfo Casais Monteiro





Sem comentários:

Enviar um comentário

Topo