domingo, janeiro 21, 2018

Duração - Poema de Lêdo Ivo




Toda vida é breve
por mais que ela dure
entre a areia e o vento.

Todo amor é leve
mais leve que a neve
que cai sobre a relva.

Toda vida é treva
por mais que a ilumine
a luz de cem velas.

Todo fruto é amargo:
morde-o a morte com
seu único dente.

Toda eternidade
não dura um minuto
na manhã serena.


Lêdo Ivo


Sem comentários:

Enviar um comentário

Topo