quinta-feira, março 15, 2018

No teu Rosto





No teu rosto
competem mil madrugadas

Nos teus lábios
a raiz do sangue
procura suas pétalas

A tua beleza
é essa luta de sombras
é o sobressalto da luz
num tremor de água
é a boca da paixão
mordendo o meu sossego 



Mia Couto, in 'Raiz de Orvalho'



3 comentários:

  1. Majestoso poema, pleno de lirismo e sentimento.
    Beijos afetuosos!

    ResponderEliminar
  2. e bom quando se vive um amor que dà sossego.
    bjs

    ResponderEliminar
  3. Adoro ler Mia, tenho varios dele Maria.
    Este é uma elegancia pura da paz no amor.
    Abraços amiga

    ResponderEliminar

Topo