sábado, 15 de fevereiro de 2020

A Miragem no Caminho - Poema de Helena Kolody




Perdeu-se em nada,
caminhou sozinho,
a perseguir um grande sonho louco.


(E a felicidade
era aquele pouco
que desprezou ao longo do caminho).




Helena Kolody
In: Poemas do Amor Impossível




12 comentários:

  1. Boa tarde de sábado, querida amiga Maria!
    Muito bonito o poema pois nós ensina a valorizar o amor e mão desprezá-lo.
    O Amor merece ser amado.
    Tenha dias abençoados e felizes no final de semana!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderEliminar
  2. Que lindo.
    O pouco por pouco que seja.
    Vale a pena.
    Depende somente da maneira que o expressamos.~
    Ou da maneira que cada um o sente.
    Sorrisos de esperança e gratidão.
    Megy Maia

    ResponderEliminar
  3. Na poesia me deixo voar
    Como as aves no espaço
    Nela me deixando abraçar
    No deleite do seu regaço.

    Grande admirador de Mário Quintana.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Persigamos só os sonhos que não sejam utópicos !
    Mas o que é mais importante que a liberdade?
    Linda escolha
    Beijinho Maria

    ResponderEliminar
  5. Olá,
    Não conhecia esta poetisa.
    Obrigada pela partilha, beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Olá, Maria!
    As vezes buscamos alguma coisa que parece estar tão longe e esquecemos de olhar o que tem a nossa volta, tão perto de nós.

    Um abraço
    Sônia

    ResponderEliminar
  7. Poema maravilha com uma imagem fantástica. Parabéns.


    beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  8. olá, boa noite, minha linda!
    nos enganamos muito com as questões de felicidade, até porque ela não é uma constante e também por sermos diferentes, o que me deixa feliz pode não deixar uma outra pessoa feliz. é bastante que aprendamos a reconhecê-la e aproveitar o momento em que ela se mostrar.
    beijo enorme!

    ResponderEliminar
  9. Belíssima escolha! Um poema que exalta o amor!
    Abraços afetuosos!

    ResponderEliminar

Topo