quarta-feira, setembro 11, 2019

Evocação - Poema de Olympiades Guimarães Corrêa




Quando nasce amanhã cheia de graça
E a beleza da mata se irradia
Com o cantar da passarada
Surgem ténues raios de luz.
E o sol, ao longe, desponta.
É a alvorada que surge,
O doce e alegre amanhecer!


Olympiades Guimarães Corrêa
Em Neblina do Tempo


1 comentário:

Topo