terça-feira, janeiro 01, 2019

Ondas do Mar - Poema de Fernanda de Castro



A voz do mar entende-a quem do mar
viveu as tempestades e as bonanças,
quem nele pôs cuidados, esperanças,
quem lhe deu seu riso, o seu penar.

Quem fez o seu jardim, o seu pomar,
de búzios, de corais, de areias mansas,
quem ergueu sobre as ondas o seu lar
e por ele cruzou ferros e lanças.

Quem sabe de marés, de luas-cheias
e não teme os tritões nem as sereias
nem, de Neptuno, as barbas e o tridente.

A sua voz entende-a quem, de Sagres,
se fez ao mar em busca de milagres,
- todos nós, neste barco do Ocidente.


Fernanda de Castro




7 comentários:

  1. Feliz 2019 María! y que e 2019 te siga llenando de inspiración, éxitos y sobre todo mucha mucha salud!
    Un beso :)

    ResponderEliminar
  2. Adoro poesias. Tenho algumas minhas e de outros autores no meu site. Parabéns!!!! Lindo blog Abraços

    ResponderEliminar
  3. Olá, lindo seu blog.
    e que poema tocante.
    Um feliz 2019,
    abs

    ResponderEliminar
  4. Magnífico Soneto da Fernanda de Castro e que em boa hora trouxeste.
    Parabéns ás duas.

    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  5. Fantástico esse poema, amei!
    Beijos e feliz semana!

    ResponderEliminar

Topo